Escrevendo Música

EQUIPE LIVE!

fabio.jpg

Canto

Graduou-se em Comunicação – Rádio/TV, pela Universidade São Judas Tadeu em 1995. Multi-instrumentista, começou sua especialização em canto na Escola de Música Artlivre, onde se aprofundou cada vez mais com aulas de expressão corporal e vocal com Antônio Guerreiro, entre outros mestres. Participou como vocalista e violonista nas bandas Project Soul, Sax Fighter, Qui Pro Quo, Banda Vira Lata, Arcano XXI, Os Tios the Band, Banda MrFly e Quinta Estação que foi atração principal da casa de shows Miscelânia.

 

Dividiu palco com Graça Cunha e Guga Machado, e atua ainda hoje nas bandas PingoBoi, Três de Nós, Banda Double Deck. Em 2018 foi convidado a participar do projeto Aurora, álbum de estreia do músico e compositor Luciano Renan.

 

rama.jpg

 

Piano | Canto | Teoria


Músico desde os 8 anos de idade, fez aulas particulares de piano com Miguel Laprano (Faculdade Souza Lima) e Dana Radu (Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo – OSESP) e de Canto com Ronnie Kneblewski (High School Musical Brasil). Graduou-se em Composição Musical pela Universidade de São Paulo (USP).

Como músico atou como instrumentista e cantor em vários conjuntos ao longo de 18 anos. Foi pianista para cantora Nanda Mazza. Integrou por 3 anos seguidos a banda do festival Kpop Brasileiro (Festival de Música Coreana). Em 2008 atuou como Cantor no Coral da Orquestra Sinfônica da Universidade de São Paulo (OSUSP) em apresentação na sala São Paulo do Choros 10 de Villa Lobos.

 

Sócio da empresa Omni Audium, trabalha a 9 anos no setor publicitário e criação/execução de treinamentos internos das empresas Grupo Pão de Açúcar, Carrefour e Santander em parceria com Teresa Campos Salles.

Após 20 anos como professor, também é sócio da Live Escola de Música e Arte, onde transmite seus conhecimentos de técnica vocal e expressão artística.

Como professor de piano e canto atua há 17 anos, sempre com o objetivo de tornar o aprendizado musical uma atividade prazerosa e de desenvolvimento humano.

raquel.jpg

Canto

Raquel Bernardes é cantora e vibrafonista, formada pela Escola do Auditório do Ibirapuera onde fez aulas de técnica vocal com Marcella Martinez, participou do Coral da escola sob regência de Daniel Reginato, dentre outras matérias que completavam a grade do curso com professores renomados da música brasileira como Amador Loghini Jr., Zé Alexandre de Carvalho, Beto Montag, Pedro Ito, Emiliano Castro, Gian Corrêa, José Roberto (Branco), Edson José Alves, Nailor Azevedo (Proveta), Renato Spinosa e outros. 

Raquel já dividiu o palco com muitas referências da música brasileira como Fabiana Cozza, Elza Soares, Banda Mantiqueira, Jair Rodrigues, Monica Salmaso, Quinteto em branco e preto, Dori Caymmi, Rildo Hora e outros, além de ter participado de inúmeros festivais e encontros de corais como de Cajamar e Ouro Preto. Raquel foi cantora solista da Orquestra Furiosa do Auditório,

assumindo mais adiante, a posição de vibrafonista também. Junto com a mesma orquestra, fez uma participação no sambabook do Zeca Pagodinho. Em 2015 deu início aos estudos acadêmicos na Faculdade Integral Cantareira onde também lecionou aulas de canto popular no curso preparatório, e passou a integrar o Coral Jovem do Estado de São Paulo, passeando então pelo âmbito da música clássica e da música popular.

 

A cantora ainda tem um trabalho solo chamado Veredas, que homenageia o grande músico Egberto Gismonti, explorando arranjos inéditos e brincando com a mistura da geniosidade do compositor/instrumentista e a identidade dela e do grupo que a acompanha, mergulhados em um repertório que transita entre música instrumental e canção. Além de integrar o grupo vocal Seis Canta que tem um trabalho voltado a música popular brasileira acapella, também vem se dedicando a criação de seu mais novo projeto solo de voz e vibrafone.

binho.jpg

Bateria | Tecnologia da Música – Produção e Edição de Áudio

Com 18 anos de carreira, o baterista Fabio Luchs é integrante da Orquestra Brasileira de Música Jamaicana (OBMJ), Liquidus Ambiento, além de liderar a brass band GIGANTE MAMUTHE, junto com seu parceiro Felippe Pipeta. Esta última, um projeto autoral, com formação composta apenas por instrumentos de sopro e bateria.

 

É ainda sócio do estúdio OMNI Audium, onde atua também como produtor, técnico de gravação, mixagem e masterização. O envolvimento de Fabio com a música e a bateria começou em 1987, no tradicional conservatório do Brooklin, em São Paulo, criado e dirigido por Sigrido Levental. Em 1994 iniciou seus estudos na escola Artlivre de Música, fundada pela pianista Mercedes Matar e dirigida por Sergio Sciotti. Em meados de 1997 até 2001 estudou com o baterista Christiano Rocha. 

Em meados de 1997 até 2001 estudou com o baterista Christiano Rocha. Em seu currículo, Fabio tem ainda shows e gravações no Brasil e exterior com artistas e bandas como: Samuel Rosa (Skank), Funk como Le Gusta, Chris Murray (Canadá), M-T Bone (Itália), Mo’Jama, Tony Bizarro, Akira S., Kenny Brown, Sebastian, Graça Cunha, Quatro da Horta, HEROS, Peixoto e Maxado, Digo Policiano, entre outros.

BImbo.jpg

Bateria 

Iniciou seu estudo musical de bateria aos 10 anos, no Conservatório Musical Morumbi, com o professor e baterista Lauro Lellis. Após conclusão do curso, ingressou em atividades acadêmicas transmitindo seu conhecimento com comprometimento para alunos de todas as idades. 

Toca profissionalmente, tendo participado de diversas bandas do cenário paulistano, com músicos como Dino (IRA!) e Marcos Andrada (Vultus). Atualmente integra o projeto Bluemerangs com o guitarrista Maurício Pedote e o baixista André Pedrão, contando e tocando a história do Blues.

ale chaves.jpg

Sax | Flauta Transversal

Iniciou seus estudos aos 14 anos na estudou na escola Artlivre de Música, fundada pela pianista Mercedes Matar e dirigida por Sergio Sciotti.  Aprofundou seus estudos de técnica e improvisação com diversos professores importantes de São Paulo como Eduardo Pecci, o Lambari e Vinícius Dorin. 

 

Desde 2000 quando deu a primeira aula descobriu a paixão pelo ensino de música, com uma didática que mistura técnica e formação de repertório atende desde crianças até a terceira idade.

Além de sax e flauta, estudou guitarra e piano, tornando ainda mais abrangente sua metodologia de ensino. 

Bateria (aula online)

Dhieego Andrade é baterista formado pela UNICAMP. Em 2018 defendeu seu mestrado na área de estudos da performance musical também pela mesma instituição. Trabalha com diferentes vertentes estilísticas, assinando a autoria de quatro registros fonográficos frutos de diferentes premiações – leis de incentivo à cultura de Campinas, São Paulo e Espírito Santo. Já atuou ao lado de Nelson Ayres, Arrigo Barnabé, Ivan Vilela, Bernhard Schüller (triosence da Alemanha), apresentando-se em instituições de cultura como SESI e SESC, além de teatros e Universidades pelo Brasil.

Atua como baterista na noite paulistana desde 2013 junto às bandas Coconut (Reggaeton e Salsa), Double Deck (pop anos 1980), Coletivo Imaginário (Jazz), Cumieira (Música Instrumental Brasileira), Casa7 (MPB), Chá de Marimbondo (MPB), Soul Na Goela (Funk e Soul dos anos 1970), dentre outros.

Dhieego Andrade.jpg

É baterista de um dos artistas de Blues mais conhecidos do Brasil, o guitarrista Nuno Mindelis com quem gravou dois discos – Nuno Mindelis Ao Vivo No Suwalki Blues Festival da Polônia (2018) e o álbum Angola Blues (2020). Ainda com este artista, excursionou pelos principais festivais de música do país (Festival BB Seguridade – Porto Alegre, Belo Horizonte, Curitiba, Recife – 2017 e 2018), Ferrock (Brasília - 2018), Bourbon Festival em Paraty (2018), Festival de Blues de Londrina (2020), Festival de Blues de Maringá (2018), dentre outros. No exterior, fez shows na África – Festival Jazzing (2018) em Angola; e na Europa Suwalki Blues Festival (2018).

Trabalhou também como baterista nos espetáculos teatrais “A tragédia latino-americana e a comédia latino-americana” e “Selvageria” os três dirigidos por Felipe Hirsch. Como educador, ministra aulas de bateria há 21 anos. E, atualmente, ministra aulas de teoria musical para atores numa escola de teatro musical.

Em 2008 junto de seus parceiros Fabio Silva e Fabio Luchs abre a OMNI Audium e atua como compositor e produtor musical, além da sua influência no setor publicitário de criação e execução de treinamentos internos das empresas Grupo Pão de Açúcar, Carrefour e Santander.

pedote.jpg

Guitarra | Violão | Iniciação Musical   

Mauricio Pedote é músico, professor, guitarrista, violonista, cantor e compositor, formado pelo EMT, IGT São Paulo.

Estudou na Escola Municipal de Música de São Paulo, cantou em corais, como o Coral Usp, estudou com mestres como Mozart Melo, Ruy Saleme, Cristian McCarty, Silas Fernandes .

Toca profissionalmente em bandas, shows, workshops, palestras e estúdios há mais de trinta anos, dentro e fora do Brasil, administra aulas para crianças, adolescentes e adultos em escolas e em estúdio particular.

denis.jpg

Guitarra | Violão

Iniciou seu estudo musical de guitarra aos 12 anos na Academia de Música em Osasco, estudando posteriormente com mestres como Djalma Lima e Thiago Pimentel.

Como guitarrista acompanhou diversos artistas, entre eles Nando Fernandes.

Participou como guitarrista nas bandas Quarteto Macoomba Blues, Quarteto de Teatro Poesias Modernas e Mundanas, Banda Pison, Four Train, Blackneira, e atualmente é baixista da Banda Premiere produzida por Giu Daga, do Midas Studios e Rick Bonadio.

 

Se aprofundou em Groove funk, Blues, Jazz, Guitarra Brasileira e Rock.

Luthier há mais de 10 anos, hoje possui sua oficina na região da Granja Viana e como professor transmite seus conhecimentos de guitarra e violão para alunos de todas as idades. 

TAdeu.jpg

Guitarra | Violão  

Formado em Música Popular pela Unicamp, Atua como professor de guitarra, violão, harmonia e arranjo desde 2001. Foi Aluno especial de Mestrado da UNICAMP e UNESP.

Atuou como musico de estúdio e em diversas formações de musica instrumental brasileira/jazz. Atuou por 3 anos como músico da peça Cais ou da indiferença das embarcações, de Kiko Marques.

 

Compôs a Trilha sonora original a peça teatral Sinthia, o mais recente  trabalho da Velha Companhia.

Nuno.jpg

Contrabaixo | Violão 

Baixista desde os 15 anos, iniciou os estudos de contrabaixo no Conservatório São Caetano, e deu seguimento aos estudos com diversos mestres, entre eles Rafael Duvalle.

Como baixista tem vasta experiência como músico de palco e estúdio. Tocou na noite Paulistana nas bandas Los Estivas, Four Dogs, Sombrazza entre outros e atua ainda hoje nas Bandas Double Deck e Pingo Boi. Como compositor fez parceria com Marcos Felix e O Tacape Banda.

Procurando sempre atualizar-se em sua prática docente, aprimora seus conhecimentos na Fundação das Artes de São Caetano, estudando também contrabaixo acústico erudito.

Hoje professor de contrabaixo e violão com metodologia abrangente passa seus conhecimentos para alunos de todas as idades.

bruna.jpg

Piano | Iniciação Musical 

Iniciou seus estudos em canto popular em 2006 e piano em 2008, em escolas livres de música. Desde então atua como vocalista em bandas de pop/rock e em projetos de voz e violão, interpretando os mais variados estilos musicais

Formou-se em Licenciatura em Educação Musical pela Unesp em 2015, onde fez parte do PIBID (Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência) como professora de musicalização infantil, flauta doce e pesquisadora na rede pública de ensino.

Procurando sempre atualizar-se em sua prática docente, participa regularmente de congressos e encontros da área de Educação Musical, onde teve a oportunidade de fazer cursos com Ari Colares,

sofia.jpg

Piano | Iniciação Musical 

Sofia Kornizue de Barros é natural de Porto Alegre (RS) e mudou-se para São Paulo em 2003. Há 4 anos escolheu morar na Granja Viana pela proximidade com a natureza e suas sonoridades.

 

De uma família de músicos e amantes da música, desde cedo despertou o interesse pela linguagem da música e escolheu o piano como instrumento de expressão.

 

Com sólida formação musical na UFRGS, especializou-se em pedagogia do Piano na University of Oklahoma (USA) e Psicopedagogia na Universidade São Judas Tadeu (SP).

 

Como professora de música tem ampla experiência desde bebês até a terceira idade, bem como com crianças portadoras de necessidades especiais.

Carlos Kater, Cecília Cavalieri França, Ermelinda Paz, Murray Schafer, entre outros, além de ter dois artigos publicados no VIII Encontro Regional Sudeste ABEM e no Congresso Nacional da Federação de Arte-Educação do Brasil. Em 2011, inicia seus estudos de Flauta Doce a partir do projeto “Sopro Novo” da Yamaha, onde teve aulas com Selma Oliveira, ex integrante do Quinteto Sopro Novo.

Foi integrante do Boomwackers Brasil Group, e participou do grupo de estudos musicais do Uirá Kuhlmann. Atualmente estuda piano popular com Fernando Murilo Fragoso Martin.

rodolfo rosa.jpg

Piano

 

Rodolfo Rosa, músico  profissional desde os 17 anos. Iniciou seus estudos de piano com aulas particulares, depois ingressou na escola Emesp (antiga ULM), onde desenvolveu melhor a percepção musical e musicalidade.
Dentro da Emesp atuou em big bands, Laboratório avançado, aulas de improvisação e formação em piano popular.
 
Em 2016, participou de um intercâmbio entre Emesp (BR) X Julliard School (EUA), onde americanos vieram para o Brasil conhecer mais sobre a música e os ritmos brasileiros.
Nos EUA,  Rodolfo Rosa  teve vivência com o jazz / música americana, participando de aulas (business e workshops).

Também fez participação com a Orquestra Jovem, em um tour com o cantor Andrea Bocelli. Participou em concertos com o norte americano Keith McCutchen com repertórios voltado ao Gospel Spirituals.

fernanda.jpg

Violino | Piano | Iniciação Musical 

Durante os anos em que permaneceu no projeto se apresentou com grandes personalidades da música brasileira entre eles: Mônica Salmaso, Dominguinhos, Toquinho, Ângela Maria, o compositor Edmundo Villani-Côrtes, o pianista Arthur Moreira Lima, o maestro John Neschling entre outros. 

Na Escola Técnica de Artes de São Paulo (ETEC), formou-se em Técnico em Música, sob orientação do professor Cesar Albino, Júlio Maluf e piano com as professoras Scheilla Glaser e Michelle Mantovani.  Formada em Licenciatura em Música pela Universidade Federal de São João del Rei (UFSJ) no ano de 2013.  Como violinista integrou a Orquestra Sinfônica e a Camerata Villa-Lobos (FITO), Orquestra Filarmônica Infanto-juvenil de São Paulo (OFIJ), Orquestra Sinfônica Edmundo

 

Alline Gois.jpg

Violoncelo

Natural de São Paulo, iniciou seus estudos em violoncelo em 2010 no projeto social Guri Santa Marcelina, sob orientação do professor Leandro Tenório e Jorge Humberto no qual permaneceu até 2012. Dando continuidade aos estudos ingressou na Faculdade Cantareira e passou a integrar a classe de Violoncelo do professor André Micheletti.

Já  participou do Festival Musica nas Montanhas; MIMU – Movimento internacional de música de Uberlândia; FEIMEPI – Festival internacional de música de Piracicaba e CIVEBRA – Curso Internacional de verão de Brasília. Dos festivais citados participou de masterclasses com os professores Robert Suetholz, Fábio Presgrave, Viktor Uzur, Matias de Oliveira Pinto, Dennis Parker, Kayami Satomi, Watson Clis, Minna Rose Chung, Lilit Kurdyan e Andre Micheletti.

Em 2012 passou a integrar a Orquestra Jovem municipal de Guarulhos sob a regência do maestro

Iniciação Musical | Violão

Licenciada em Música pela Universidade de Sorocaba – Uniso (2020), Thayani Bueno iniciou seus estudos musicais em 2007, na Escola de Música Ritmo & Som, Alfenas-MG, com o curso de Violão Popular.

Entre 2009 e 2012, cursou Bateria através do projeto Teclas e Tambores da Prefeitura de Serrania-MG. Durante esse mesmo período, foi coralista contralto do Coral Cantares, sob regência do maestro Ewerton Souza e também aluna do curso Violão.

Cursou Bateria/Percussão pelo Centro Municipal de Música Professora Walda Tiso Veiga, Alfenas-MG, sendo coralista do Coro Infanto-juvenil da mesma instituição, sob regência do maestro Thiago Moraes, entre 2013 e 2016.Depois de cursar o componente curricular de Libras na universidade, Thayani foi convidada a ser professora voluntária de música na AAI – Associação do Amor Inclusivo,

 

Thayani Bueno.jpg

Sorocaba-SP, onde atuou com pessoas com diversidade funcional auditiva e visual por dois anos.

 

Encantada com a possibilidade do fazer musical por pessoas que possuem diversidade funcional auditiva decidiu, em companhia de duas colegas de curso, fazer um estudo mais aprofundado de educação musical nessa área. O resultado lhes rendeu uma pesquisa com resultados satisfatórios, sendo registrada em um trabalho de conclusão de curso com o título Iniciação musical para pessoas com diversidade funcional auditiva.

Em 2019, fez intercâmbio em Pedagogía en Artes Musicales pela Universidad Mayor, Santiago, Chile.

Atua como instrumentista e cantora de casamentos, eventos e em barzinhos desde o ano de 2010.

Atualmente, é coralista soprano do coro Madrigal Madrig’art e participa de um grupo de estudos voltado à regência coral, ambos com orientação e regência do maestro Cadmo Fausto. É, também, integrante da banda para eventos Alma do Som de Sorocaba-SP.

Emiliano Patarra na qual permanece até hoje. Participa de concertos mensais na Sala São Paulo sob orientação e regência do maestro João Mauricio Galindo na Sinfonieta Tucca Fortíssima.

Villani-Côrtes (OSEVC), Orquestra Sinfônica da UFSJ e Orquestra Sinfônica dos festivais de Inverno em Juiz de Fora, MG.

Estudou violino na classe dos professores: Alceu Camilo, Marcos Damm e Edson Queiroz. Na sua especialidade da educação musical estudou com os professores: Josette Feres, Enny Parejo, Marisa T. Fonterrada, Teca Alencar, Luciana Nagumo Feres, Margareth Darezzo, Breeze Rosa e Cecilia Cavalieri. Tem participado também de diversos cursos, oficinas e encontros de Educação Musical entre eles Mostra de Conservatórios de Minas Gerais, II e III S.E.M promovido pela UFSJ 2011/2013, S.E.M. da Unesp 2014. Especialista em método Suzuki desde 2016 na classe da professora Shinobu Sato. Atualmente é professora no curso de Violino, Piano, Flauta Doce e Musicalização.

Piano

 

Edu Camargo é compositor e multi-instrumentista atualmente cursando bacharel em música com habilitação em composição na Universidade de São Paulo.

Iniciou seus estudos na Live! Escola de música e arte aos 15 anos de idade, passando por diversos instrumentos até chegar no piano, seu instrumento de escolha para performance e composição.

 

Na universidade se aprofunda em teoria e análise musical com Paulo de Tarso Salles e estuda técnicas composicionais e criativas com Silvio Ferraz. Também foi integrante do laboratório coral Comunicantus sob regência de Fred Teixeira e Marco Antônio.

 

edu camargo.jpg

Em paralelo aos estudos acadêmicos Eduardo se especializa em piano e arranjo popular com Debora Gurgel (DDG4), estudando improvisação nas linguagens do jazz, blues e na música brasileira.

 

Atualmente além de compor, também leciona piano e teoria musical.